Imagem capa - Comidas Causam Cólicas? (CCC) por Luana
Para mamãesAlimentação Infantil

Comidas Causam Cólicas? (CCC)

Não tem coisa que enlouquece mais uma mãe do que ver seu bebê se contorcendo de cólica! Ele chora sem parar, fecha a mãozinha e faz os pais perderem o fôlego...


Há pediatras que dizem que o bebê não nasce com seu intestino pronto, e acaba se tornando sensível ao que ingere, através do leite materno, e acabam orientando a mãe que corte certos tipos de alimentos da sua alimentação. Já outros dizem que isso é bobagem e acabam liberando todos os alimentos.


Claro, há mães que relatam dar muita cólica no bebê quando elas comem determinados alimentos e outras afirmam que comeram de tudo e simplesmente não aconteceu nada.


A intolerância intestinal varia de criança para criança, por isso há alimentos que podem causar a temida cólica em alguns bebês. A mãe deve observar a reação do bebê. Se a dor potencializar após ela ingerir determinado alimento, é melhor suspender o uso. Como por exemplo:


⚠️ Leguminosas – Feijão, ervilha, vagem e outras leguminosas são ricas em proteínas e carboidratos complexos, algumas pessoas têm dificuldades na digestão, principalmente pela fermentação, por isso recomendamos deixar sempre grãos de molho em meio ácido antes do cozimento pra diminuir os fitatos. O que poderá também causar mal-estar ao bebê.


⚠️ Brócolis – outro alimento conhecido por causar gases. Junto com ele entram a couve, a couve-flor e o repolho. O causador dos gases é o enxofre que está na composição dos alimentos. Isso pode passar pelo leite e incomodar também seu bebê.


⚠️ Leite de vaca – Já ouviu falar que algumas pessoas não conseguem digerir o leite de vaca, não é? São os intolerantes à lactose. Essas pessoas, quando comem leite e derivados podem ter mal estar estomacal, intestinal, gases e diarreia. Isso ocorre nos bebês também e, às vezes mesmo se o leite não faz mal para nós, pode incomodar o organismo do nosso filho.
Por aqui descobrimos a APLV (alergia à proteína do leite) da Annie durante a amamentação exclusiva e por isso precisei para continuar amamentando ficar longe de leite, derivados e produtos com traços de leite.


⚠️ Carnes vermelhas - As carnes vermelhas também passam por um processo de digestão mais lento do que outros alimentos. Caso a microbiota intestinal, popularmente conhecida como flora intestinal, da mãe esteja desregulada, as bactérias ruins podem até fermentar essa carne, causando desconfortos abdominais para ela e passando isso para o bebê.


⚠️ Chocolate – é uma crueldade falar para as mães que o chocolatinho que elas têm vontade de comer dá mal estar em seus bebês. Bom, então vamos deixar claro que esse é um dos alimentos que menos se tem dados científicos para relacionar a ingestão pela mãe com a cólica nos bebês que mamam no peito. Uma das hipóteses é que tenha a ver com o leite que te no chocolate.


⚠️ Café e chás com cafeína – estes alimentos entram também na lista dos possíveis causadores de agitação e mal-estar digestivo nos bebês. Mas de novo, as comprovações científicas são muito incipientes. Use do seu bom-senso, sempre! Um cafezinho não vai fazer tão mal assim ao seu bebê, mas dez podem ser realmente ruins.


Por fim, a dica que é geral: observe o que acontece com seu filho conforme o alimento que você come. E vá ajustando a sua dieta conforme o bem estar de vocês.


Mas agora eu quero saber, você tiveram ou tem alguma restrição a certo tipo de alimento devido a cólica do bebê?


*Conheça nosso curso 100% online com a especialista em alimentação infantil Thaís Ventura e a nutricionista Karine Durães!


Mais informações: http://asdeliciasdoduduedaannie.contato.site/cursointroducaoalimentar


Texto por: Thaís Ventura