Imagem capa - 6 dicas importantes para a Introdução Alimentar do seu bebê por Luana
Alimentação Infantil

6 dicas importantes para a Introdução Alimentar do seu bebê

Quando completa os 6 meses, é a hora da introdução alimentar! O seu bebe vai começar a conhecer novas texturas e novos sabores. E para isso, ele precisará estar sentado em uma cadeirinha, ou carrinho ou outro lugar.


Nós mamães, ficamos super ansiosas com esse momento, nos preparamos, pensamos nos melhores alimentos, nos dedicamos para fazer uma papinha deliciosa. Dedicamos um tempão, escolhendo, procurando formas de preparo, cozinhando e sonhando com nossos filhos batendo um pratão. Pois bem, é chegada a hora de oferecer, e aquele serzinho que nós tanto amamos simplesmente come uma colher ou até mesmo se recusa a abrir a boca. E isso perdura por dias... E nós, vamos ficando cada vez mais frustradas achando que o problema somos nós. Ouvimos conselhos dos mais experientes, da tia, da vizinha, da avó, de todo mundo. Tentamos várias formas e nada, os bonitinhos só querem o leitinho (espertos que eles são). 


Mas nada de pânico! Selecionei algumas dicas que aprendi com o tempo e com os materiais que leio para repassar e tranquilizar um pouco o coração de vocês!



  • 1. O leite materno deve ser o principal alimento do bebe até 1 ano idade. Seu filho não vai ficar desnutrido se hoje ele não comer e só mamar.


  • 2. Alimentação complementar, como o próprio nome diz, vem para complementar o leite materno. E não adianta você achar que desmamando o seu bebe que ele vai comer um prato do tamanho que você deseja.


  • 3. O estômago do seu bebê tem o tamanho da mãozinha dele quando está fechada, ou seja, é bem pequeno. Então a quantidade de comida que ele vai comer é pouca mesmo. No manual da sociedade brasileira de pediatria diz que essa quantidade é em média de 4 colheres.


  • 4. Jamais force seu bebe a comer, esse é um dos maiores erros que acontece nesse início de introdução alimentar. E suas consequências podem perdurar por bons anos e só piorar a aceitação.


  • 5. Deixe seu bebe livre para experimentar as texturas, legumes bem cozidos são ótimos para serem dados em suas próprias mãozinhas. E lembre-se que se sujar faz sim muito bem.


  • 6. Temperos naturais são um grande aliado, comida sem graça ninguém merece, e seu bebe 
  • precisa comer uma comidinha deliciosamente temperada, e para que isso aconteça NÃO PRECISAMOS DO SAL!



Gostou das dicas? No próximo post vou contar mais para vocês! Qualquer dúvida maior não deixe de consultar um nutricionista infantil, elas são as melhores pessoas para te ajudar nesse processo.


Saiba mais: 

http://www.asdeliciasdodudu.com.br/